sexta-feira, 26 de setembro de 2008

Branco

No dicionário, a definição de branco é: a cor do tapete do banheiro do Danilo, no momento de sua compra. É claro que assim que o primeiro pezinho nele encostou, ele perdeu a sua imaculada candidez, mas o conceito estava lá. Mas não mais...
Essa semana que chegou finalmente a minha máquina de secar, tive um surto psicótico e comecei a lavar e secar tudo que me passasse pelos olhos. Quase no final do processo, olho para o chão, enrugo a sobrancelha, e lá vai o tapete pra bater, junto com o seu congênere que fica na cozinha. O problema é que este último nunca tinha passado por tal processo, e na sua desfloração, soltou um rio vermelho que tingiu o outro tapete de rosa.
Agora ele está lá no balde, mergulhado na Ki-boa (que eu só soube que chamava água sanitária há uns dois anos), contrariando claramente as indicações na etiqueta. Acho que ele não vai se desintegrar, mas se não voltar a ser branco, vai pro lixo.

Um comentário:

Moniqueta disse...

hahaha... adorei!!!
coisas de um "dono de casa" de primeira viagem...
hahaha... vc é ótimo!
beijinhos