domingo, 30 de dezembro de 2007

Saudades

Estou surpreso com o tanto de bobagenzinha que esta viagem ao Brasil está me rendendo. Acho que eu realmente estava com saudades, ou de saco muito cheio de Montréal, porque aqui tá tendo muita coisa boa que eu nem sabia que me fazia falta, algumas até bestas, inclusive. Tipo:
  • calor: eu que amaldiçoava este país, que parece uma extensão do inferno, estou sofrendo mas sorrindo com esse bafo todo aqui.
  • comida: acho que não dá pra fazer lista, do arroz com feijão às sobremesas que a gente só come no Natal. Como diria meu pai, estou fazendo uma refeição só por dia, eu começo a comer na hora que acordo e só paro quando vou dormir.
  • televisão: musiquinha do Jornal Nacional, assistir Fantástico e ficar com um friozinho na barriga porque no dia seguinte tem aula, ver filme nacional, até com o show do Roberto Carlos eu fiquei grudado na TV.
  • folga: lavar roupa, fazer comida, limpar a casa, isso tudo é passado distante quando há quem nos sirva e mime por todos os lados o tempo todo. A gente acostuma rapidinho com a moleza, e só quando acaba é que a gente percebe como ela nos é rara.
  • língua + sociabilidade: não tem uma caixa de supermercado por quem eu passei com quem eu não tenha conversado, todo socialmente. Isso, aliás, é um dos pontos que mais me pega, eu sinto muito a falta de me expressar bem, de conseguir entender bem o povo (e não só o que me dizem), de sacar e utilizar as sutilezas na comunicação.
  • e minha família, e meus amigos, obviamente
Neste momento tenso é importante relembrar também das coisas que me levaram pra tão longe, porque a dúvida invariavelmente aparece para me poluir as certezas.

2 comentários:

angelica_perboni disse...

Perfeito! Consigo sentir cada detalhezinho desse que voce descreveu das coisas que encontramos no Brasil e nem nos damos conta quando ai vivemos. Calor, comida, idioma, pessoas simpaticas... Tudo isso e muito bom mesmo! Depois de tres meses aqui em Montreal comeco a sentir saudades de tudo isso e olha que tive a oportunidade de passar uma semana no Brasil com dois meses de Canada! As vezes me pergunto, sera que vou aguentar essa nova vida?!?!?!? Beijos e saudades

Goldman disse...

Oi Danilo, cheguei do Brasil hoje e senti exatamente o que vc descreveu aqui. Aproveite bastante. Abraço e Feliz ano novo, Goldman.